Adoramos produtos

heart icon
bottle icon
water drop icon
pram icon
soap icon
question box icon

Seguimos sempre duas regras de produto na Thankyou:

Há já bastante tempo que sonhamos com produtos da Thankyou que vão ao seu encontro em muitos momentos adicionais. Mas, para chegarmos aí, não podemos fazê-lo sozinhos. Temos parcerias com designers, criadores, inovadores e parceiros de escala para ajudar a levar a Thankyou ao mundo.

Escolha do consumidor

Existem duas maneiras de redistribuir a riqueza a partir da escolha do consumidor:

Um

Fabricamos produtos e vendemo-los diretamente em Thankyou.co.

Dois

Pretendemos conceber e criar produtos e, por meio da Licença Thankyou, trabalhar com parceiros de classe mundial e fabricar e distribuir produtos da Thankyou para o mundo. Este é um modelo de crescimento muito eficiente e eficaz, e gostaríamos muito de o ter connosco na nossa jornada para desenvolver a Licença Thankyou.

Licença

Desenvolver a licença Thankyou

Isto muda tudo

Após doze anos a administrar uma empresa de produtos tradicional, percebemos que estávamos muito longe da visão que fundou esta organização. Um mergulho profundo nos dados da nossa história mostrou que o nosso histórico de lançamento de ideias era ótimo. Mas o nosso histórico de sustentar essas ideias em maior escala, concorrendo com as maiores empresas do mundo, foi mediano. 

David Kidder, um líder de marketing global, fala sobre afastar-se daquilo em que se é mediano e investir 10x (tudo ou nada) naquilo que se faz de melhor.

Depois, vimos um modelo de negócios que, quanto mais o analisávamos, mais difícil era não ver o seu potencial infinito: licenciar a marca Thankyou. Eis alguns exemplos deste modelo, com o qual poderá não estar familiarizado:

  • A Adidas fabrica e distribui sapatos Yeezys (a marca de Kanye West);
  • A Nestlé fabrica e distribui cápsulas de café Starbucks;
  • A Disney licencia a sua marca a centenas de fabricantes de roupas, brinquedos, papelaria e até produtos para bebés;
  • e a The Coca Cola Company licencia a sua fórmula a fabricantes e distribuidores em todos os cantos do mundo...

Pensámos que, se o sistema pode desbloquear esse modelo para um sapato, uma cápsula de café ou uma bebida com açúcar e, com isso, gerar biliões para os acionistas, porque não rodar essa mesma chave desbloqueando potencialmente biliões de dólares para consertar um erro, para ajudar a acabar com a pobreza extrema?

Saiba mais Expandir mais

A função da Thankyou é conceber e criar produtos e ideias, encontrar os parceiros certos que possam ajudar a levar essas ideias a uma escala global de forma sustentável, manter esses parceiros responsáveis pela ética na cadeia de abastecimento e entregar o dinheiro arrecadado aos nossos agentes de mudança impactantes na linha da frente em países em desenvolvimento. Para sermos bem claros, esses parceiros não são proprietários da Thankyou, mas têm uma licença para fazer e distribuir uma categoria de produtos específica para uma região específica.

O poder da Licença Thankyou? Tudo começa com levar a gama de cuidados pessoais da Thankyou de dois dos países mais pequenos do planeta para todo o planeta. Onde poderia acabar?

Se for como nós, depois de ver a Thankyou, não esquecerá que a viu. A Thankyou pode ser encontrada em quase todas as categorias de produtos? Sob este modelo, é tão simples quanto encontrar os parceiros certos dispostos a juntar-se à missão.

Porque escolheu a Thankyou este caminho? Saiba mais Expandir mais

Porque tentámos quase todos os outros caminhos que podíamos ao longo de doze anos. O nosso objetivo não é administrar um pequeno negócio social simpático que faz a diferença. É para inclinar a balança e inverter o sistema de despesas do consumidor de 63 mil milhões de dólares.

Para vencer nos negócios, é preciso aproveitar a "vantagem competitiva sustentável". Vamos examinar todas as categorias em que já entrámos como estudos de caso. À esquerda e à direita da Thankyou na prateleira, há o seguinte:

  1. Uma marca branca de um supermercado ou retalhista e, frequentemente, uma "pseudo-marca do retalhista" adicional - aquela que não tem o nome do retalhista na embalagem, mas é dele. Estes produtos recebem espaço de prateleira privilegiado, o que por vezes não parece justo, mas a vantagem competitiva sustentável da cadeia de supermercados é que é a dona da loja. A decisão é deles.
  2. Uma marca independente que possui fábrica própria e tem acesso a investidores ou capital significativo. Comparadas connosco, essas marcas têm a capacidade de gerar uma margem de lucro maior (porque possuem a sua própria fábrica, enquanto nós trabalhamos com fabricantes externos) e têm acesso a enormes somas de capital para continuar a investir em promoções de vendas e marketing. Essa é a sua vantagem competitiva sustentável.
  3. Os concorrentes multinacionais que possuem as suas próprias fábricas têm eficiências de cadeia de abastecimento internacionais e acesso a grandes quantidades de capital. São geralmente quem tem mais liquidez e, em muitos casos, estão nas suas respetivas categorias há décadas. Essa é a sua vantagem competitiva sustentável.
  4. Depois, temos a Thankyou. Não somos os donos da loja, trabalhamos com fabricantes contratados e, por causa do nosso modelo 100% Para, não temos acesso a grandes somas de capital.

Portanto, embora não tenhamos a vantagem competitiva sustentável que os nossos concorrentes têm, temos uma vantagem. Acreditamos que é a marca, a finalidade e o poder do movimento das pessoas que nos sustentam. O único desafio era que a nossa vantagem competitiva não era sustentável. Cada vez que enfrentávamos os concorrentes numa categoria, executávamos um lançamento incrível e bem-sucedido - mas muito rapidamente todos os outros usavam a sua vantagem competitiva sustentável para nos desgastar e, nalguns casos, para nos esmagar.

Pode ler sobre os nossos dois últimos lançamentos, que deveriam ter demorado seis meses, mas demoraram quatro anos e quase acabaram connosco, aqui: Moon shot. Estes, e toda o caminho percorrido, ajudaram a informar esta mudança.

Este novo modelo vira o jogo que tínhamos vindo a jogar de pernas para o ar. Fazemos parcerias com organizações que têm a capacidade de sustentar produtos no mercado por meio da sua vantagem competitiva, enquanto nos concentramos na nossa própria vantagem competitiva, ampliando conjuntamente o Impacto que podemos fazer para vermos um mundo onde nenhuma pessoa viva em extrema pobreza.

Além da "vantagem competitiva sustentável", outra motivação para esta parceria é que algumas das maiores empresas do mundo estão à frente de todos quando se trata de ajudar a resolver problemas complexos da cadeia de abastecimento. A Thankyou teve a intenção, a paixão e o investimento de anos nesse percurso, mas está a faltar-nos um ingrediente crítico: a escala. Assistimos ao percurso de alguns concorrentes ao longo dos últimos doze anos e estamos impressionados com o trabalho que fizeram nesse período. Esta parceria faz cada vez mais sentido à medida que a Thankyou entra numa escala global, de forma sustentável.

Qual é a aparência deste novo modelo, em comparação com o antigo? Saiba mais Expandir mais

Mais eficiente! No nosso modelo antigo, fazíamos tudo internamente ou, quando recorríamos a outsourcing, era a grupos que, razoavelmente, acrescentavam uma margem aos seus custos (fabrico, armazenamento, etc). Havia muitos custos envolvidos. À medida que ganhávamos escala, o valor que tínhamos de investir para crescer começou a superar o retorno que éramos capazes de gerar para o Impacto. Embora o novo modelo possa parecer ter margens mais baixas, tem maior escala e eficiência para gerar essas margens, permitindo que a Thankyou alcance um resultado igualmente bom, se não melhor.

Porque haveria uma empresa que pode fazer tudo sozinha querer uma licença da Thankyou? Saiba mais Expandir mais

Os logótipos são feitos da noite para o dia, as marcas são construídas ao longo de décadas. A Thankyou está há doze anos a construir uma marca autêntica e impulsionada por uma finalidade. A riqueza da sua marca e do seu percurso não é facilmente replicável. É um facto conhecido na indústria que é realmente difícil criar marcas autênticas com uma finalidade e fazer com que muitas pessoas comprem essa ideia. Para os fabricantes globais, isso não é algo que todos possam fazer, e é aí que entra esta parceria.

Não estão a ser um pouco ingénuos em relação à forma como algumas dessas empresas operam? No fim de contas, elas são motivadas pelo lucro, não pela finalidade. Saiba mais Expandir mais

Gostaríamos de acreditar que todas as empresas com as quais trabalhamos são movidas por uma finalidade e por fazer a diferença - e muitas são-no genuinamente. Mas não somos ingénuos. A dura realidade é que a pressão dos acionistas pode impedi-las de viver a sua paixão por uma finalidade em certas alturas (entra o lado negro do capitalismo). Esta parceria não depende de um parceiro "querer fazer o bem". Se a Thankyou o tiver a si, o consumidor, a apoiá-la, então as grandes empresas de bens de "consumo" são confrontadas com um problema. Sabem que você escolherá a Thankyou e, por isso, ou podem fazer o produto para si e ganhar um pouco menos do que ganhariam com a sua própria marca, ou podem ver uma empresa concorrente a fazê-lo e perder completamente essas vendas. A concorrência é a base do capitalismo e nós usamo-la para o bem. Não achamos que lucro e finalidade devam ser mutuamente exclusivos.

Quanto ganha a Thankyou por um produto vendido sob a Licença Thankyou? Saiba mais Expandir mais

Os padrões da indústria de licenciamento variam entre 1% e 18%, dependendo da categoria e da natureza da parceria. No primeiro caso, tem de marcar um ponto importante: ser igual ou superior às taxas de licença médias da indústria para a categoria de saúde e beleza. Se olharmos para os nossos doze anos de história de comercialização como empresa, o nosso lucro líquido médio foi de 6%. Alguns anos foram muito mais altos, outros mais baixos. Mas o ponto principal é que podemos ganhar tanto dinheiro (se não mais) usando este modelo. Este é um modelo mais eficiente para a nossa missão de conseguir o máximo de dinheiro possível para os nossos parceiros de impacto. Embora as percentagens pareçam pequenas, tudo se resume à escala. As 150 maiores empresas que licenciam a sua marca ou ativos de marca são responsáveis 260 mil milhões de dólares em vendas de retalho.

A Thankyou não tem problemas em que o parceiro ganhe dinheiro? Saiba mais Expandir mais

Desde o primeiro dia, o modelo da Thankyou tem sido baseado em situações "win-win" que levem à sustentabilidade de longo prazo. Durante doze anos, os nossos fabricantes e distribuidores ganharam dinheiro, e foi isso que tornou o modelo sustentável. Precisamos que os nossos parceiros sejam capazes de sustentar esse modelo nos seus negócios durante as próximas décadas. Por isso, sim, estamos muito tranquilos com o facto de os nossos parceiros ganharem dinheiro.

O que os impede de gerir mal uma categoria, fabricar um produto mediano ou tomar decisões antiéticas? Saiba mais Expandir mais

Os fundamentos do acordo incluem desempenho, qualidade do produto e as nossas cláusulas do código de conduta que os nossos parceiros devem seguir. A nossa equipa de especialistas em gestão de licenciamento está presente para responsabilizar os nossos parceiros. Se não cumprirem o seu lado da parceria, podem perder a licença e vê-la ir para outro dos seus concorrentes.

A Thankyou está a vender-se? Saiba mais Expandir mais

Longe disso. Este não é um modelo em que estejamos a vender a Thankyou. Em vez disso, estamos a permitir que os parceiros usem a marca em certas categorias por determinados períodos de tempo. A Thankyou, a marca e as entidades são propriedade do Thankyou Charitable Trust.

Parceria

Já todos ouvimos dizer que 80% do que fazemos, qualquer outra pessoa pode fazer. Outros 15% são o que alguém que formamos e a quem damos aprendizagem ao longo do tempo pode fazer. Isso deixa 5%. Os 5% que só nós podemos fazer. O que fazemos melhor que ninguém no mundo. É o que faz nós "nós", ou, neste caso, da Thankyou a Thankyou.

O nosso histórico de lançamento de ideias é ótimo. Mas o nosso histórico de sustentar essas ideias em maior escala, concorrendo com as maiores empresas do mundo, foi mediano. Investimos tudo nos nossos 5%. E, por meio da Licença Thankyou, queremos fazer parceria com outros que tenham descoberto os seus 5%.


Os nossos 5%

  • Amplificar agentes de mudanças impactantes, exponencialmente.
  • Liderar um movimento para criar uma mudança global
  • Gerar ideias e criar aceitação para essas ideias
  • Oferecer uma experiência de marca de classe mundial
  • Lançamentos inovadores
  • Desenvolvimento de marca, comunicação e criação
  • Seleção de parcerias e encontros épicos

O que não são os nossos 5%

  • Fabrico e distribuição global de classe mundial.
  • Investimento profundo em categorias específicas para garantir crescimento sustentável de longo prazo e posição de liderança no mercado.

O convite

Se tiver a capacidade de criar e distribuir um novo produto sob a Licença Thankyou, gostaríamos  de conversar consigo. Ou talvez seja uma start-up e esteja interessado em fazer parceria com a Thankyou. Dado que a Thankyou está a construir rapidamente a sua rede de parceiros, temos algumas maneiras criativas de incentivar parcerias épicas para trazer ideias de produtos a uma escala global e causar um impacto global!

Sustentabilidade

Temos por missão ver o fim da pobreza extrema. Acreditamos que devemos fazer isto de forma responsável e sustentável.